Início
Títulos por editor: MinervaCoimbra
Foram encontrados 30 registos

              Fazer nova pesquisa
1 Lynx  -  BARBOSA, Miguel
Epitáfios a uma sensatez inacabada / Miguel Barbosa . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2006


  BARBOSA, MIGUEL   MIGUEL BARBOSA
2 Lynx  -  CORTESÃO, João
Quites, Detalhes e Puyazos / João Cortesão . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2006


  CORTESAO, JOAO   JOAO CORTESAO   CDU 82-3
3 Lynx  -  TENGARRINHA, José
Imprensa e opinião pública em Portugal / José Tengarrinha . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2006
A formação do espaço público mediatizado em Portugal na sua relação com o desenvolvimento da opinião pública é o tema dominante dos estudos agora reunidos, quer os de natureza teórica quer os que incidem sobre casos concretos, uns e outros visando preencher áreas menos conhecidas da história da comunicação no nosso país. Antes mesmo da formação da opinião pública em Portugal – que constitui o tema do capítulo de abertura – não deveríamos deixar de considerar como, desde tempos recuados, a Imprensa visou formar opinião favorável a determinados objectivos políticos, ainda que em círculos limitados da sociedade. Neste caso, não se tratava, pois, da formação complexa de "espaço de opinião", onde livremente se confrontassem ideias, mas da tentativa de criação de "bloco de opinião nacional" ao serviço de interesses dos governantes. É o que se vê com a fundação do primeiro jornal português, que procura desenvolver uma "corrente de opinião" favorável à Restauração, contra a que os castelhanos tentavam promover, ou, em 1809, quando o objectivo do Governo era levantar o País contra os invasores franceses. Também na crise de 1890 são intuitos de defesa da Pátria os que movem a Imprensa, embora com a diferença fundamental de, então, se tratar de um espaço público autónomo relativamente ao Poder. Abrange-se um longo período – que percorremos em algumas das principais fases e questões emergentes – desde 1641 ao Estado Novo.


  JOSE TENGARRINHA   TENGARRINHA, JOSE   CDU 93
4 Lynx  -  SERRANO, Estrela
Para compreender o jornalismo : o Diário de Notícias visto pela Provedora dos Leitores (2001-2004) / Estrela Serrano . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2006
Os textos que compõem este livro constituem uma selecção das colunas publicadas pela autora, entre Abril de 2001 e Março de 2004, na qualidade de provedora dos leitores do Diário de Notícias. Elas reflectem alguns dos acontecimentos que marcaram esses anos, entre os quais, a nível internacional, o 11 de Setembro e a Guerra do Iraque e, a nível nacional, as eleições autárquicas e legislativas de 2001 e 2002, e o Processo Casa Pia. No campo do jornalismo, alguns dos bastiões do jornalismo de "referência", como o New York Times e a BBC, viram, neste período, abalada a sua credibilidade, o primeiro devido ao envolvimento de um seu repórter em notícias inventadas e a segunda devido à cobertura jornalística do "caso Kelly", por ocasião da guerra do Iraque e da polémica em torno das armas de destruição maciça. Foram três anos de intensa discussão sobre o jornalismo e os jornalistas, nomeadamente no que respeita às suas relações com a política, com a guerra e com a justiça. Por outro lado, durante esses anos, o Diário de Notícias sofreu significativas alterações no seu formato, grafismo e conteúdo, para além da substituição da sua direcção, processo que desencadeou grande polémica interna e externa, levando a uma re-orientação da linha editorial do jornal. Os leitores não ficaram de fora dessas polémicas. Pelo contrário, exigiram participar, criticando com inteligência e severidade algumas das opções do jornal. A compilação em livro de uma selecção das colunas da provedora dos leitores pretende ultrapassar o carácter efémero de uma coluna de jornal, sistematizando e fixando, de uma maneira mais consistente e duradoira, uma reflexão sobre o jornalismo e os jornalistas e, mais particularmente sobre o Diário de Notícias.


  ESTRELA SERRANO   SERRANO, ESTRELA   CDU 07
5 Lynx  -  PANÃO, Edgard
Covseiro de Myranda / Edgard Panão . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2006


  EDGARD PANAO   PANAO, EDGARD   CDU 93
6 Lynx  -  LEÃO, Delfim
Dois Dias e um serão no inferno / Delfim Leão . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2006


  DELFIM LEAO   LEAO, DELFIM   CDU 82-1
7 Lynx  -  SÓLON
Sólon : estadista, poeta e sábio, trad. de Delfim Leão . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2006


  DELFIM LEAO   LEAO, DELFIM   CDU 82-1
8 Lynx  -  MARTINS, Fernando
A geração da ética : três anos como provedor dos leitores do "Jornal de Notícias" / Fernando Martins . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2006. - (Comunicação, 42)
A abertura, no nosso país, dos canais privados de Televisão, deu origem a todo um ciclo que começou pela disputa do bolo da publicidade e que se espera que regresse à postura profissional e cívica dos tempos em que nem a informação-espectáculo representava uma ameaça, nem a sede de protagonismo dos diversos agentes da comunicação tinha, ainda, feito da verdade e da honra degraus espezinhados na corrida pelas audiências. Os outros ?media? não escaparam à verdadeira pandemia que, reconheça-se, foi mais benévola nos efeitos sobre as rádios e sobre os jornais - tudo isto numa altura em que, em nome das crises, as redacções passaram por profundas renovações, de entre as quais se destaca um rejuvenescimento excessivo e mal enquadrado. Os desvios, principalmente os de natureza deontológica, caíram na praça pública, onde a crítica, algumas vezes, não conseguiu esconder apetites censórios. Foi a altura em que parece ter nascido a geração da Ética, sob um manto de preocupações nem sempre próximas. A vontade autêntica de resolver problemas andou (e anda, ainda) muitas vezes a par de objectivos de marketing e até de mera cenografia. Apareceram, beneficiando do prestígio do pioneiro Provedor de Justiça, mais e mais provedores. Os dos leitores também. O ?Jornal de Notícias? foi, entre os grandes jornais de informação geral, o terceiro a disponibilizar aos leitores essa importante porta diálogo, tendo o Autor sido o seu primeiro news ombudsman. Dessa experiência de quase quatro anos fala esta obra, que mais não pretende ser do que um testemunho que conduzirá, decerto, a conclusões diversas, e cujo estudo espero possa aproveitar não só aos jovens jornalistas, mas a todos os outros que fazem parte desta sociedade da comunicação, em que só o exercício permanente da exigência, da responsabilização, pode conduzir à qualidade desejada.


  FERNANDO MARTINS   MARTINS, FERNANDO   CDU 07
9 Lynx  -  SANTIAGO, Daniela
O reconforto da televisão : uma visão diferente sobre a tragédia de Entre-os-Rios / Daniela Santiago . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2006
Daniela Santiago a partir do envolvimento em que se viu metida neste acontecimento como repórter de televisão, mas no duplo papel de autora de uma tese de um curso de mestrado que frequentava, encetou uma via difícil, quiçá perturbante e polémica. Foi à busca de uma interrogação que pôs a si própria: Poderá a televisão, ou a reportagem televisiva, em situações de tragédia humana, desempenhar uma função de reconforto junto das vítimas e familiares envolvidos no acontecimento? A autora pretende provar que «apesar de todas as críticas acerca do trabalho dos jornalistas» a comunicação social «desempenhou um papel extremamente importante para a população local». E quer confirmar de alguma maneira, esta hipótese, pelo perscrutar dos muitos depoimentos que ouviu e pela observação directa que fez em pleno desenvolvimento da desgraça que atingiu aquela população. Daniela Santiago quer «comprovar que a televisão pode ajudar a superar momentos de dor, sofrimento e mesmo isolamento exercendo função de reconforto».


  DANIELA SANTIAGO   SANTIAGO, DANIELA   CDU 07
10 Lynx  -  GARRAIO, Júlia
Um lugar para a poesia : Günther Eich e a construção da imagem do poeta entre 1927 e 1959 / Júlia Garraio . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2006
Günther Eich (1907-1972) ganhou renome no meio literário alemão depois de 1945 como poeta lírico e autor de peças radiofónicas. A sua carreira literária iniciara-se, porém, duas décadas antes, nos turbulentos últimos anos da República de Weimar. Durante o Nacional-Socialismo o escritor vive das peças de entretenimento que produz para um eficaz meio de propaganda do regime, a rádio. Nesse período marcado por cedências, começa a questionar as possibilidades e os limites da Poesia num mundo dominado por violentas forças políticas, interesses económicos e uma imparável modernização tecnológica. A obra de Eich, caracterizada pela constante procura de novos caminhos, não só reflecte o empenho do poeta na conquista de um espaço para a Poesia, mas também nos permite acompanhar momentos essenciais do desenvolvimento político-cultural da Alemanha no século XX.


  GARRAIO, JULIA   JULIA GARRAIO   CDU 82-1
11 Lynx  -  GOMES, Ana Maria Coelho de Carvalho Azevedo
Tentando em vão decifrar / Ana Maria Coelho de Carvalho Azevedo Gomes . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2006


  ANA MARIA COELHO DE CARVALHO AZEVEDO GOMES   GOMES, ANA MARIA COELHO DE CARVALHO AZEVEDO   CDU 82-3
12 Lynx  -  FILIPE, Manuela Sinde
Estórias que fazem a história de uma farmácia / Manuela Sinde Filipe . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2005
«Esta obra retrata de forma exemplar a dificuldade de estar ao balcão de uma Farmácia, pela diversidade de público com que se contacta diariamente. Julgo ficar a Farmácia de Oficina enriquecida com um livro de valor etnográfico, que reflecte palavras, pensamentos e modos de estar que com o evoluir da sociedade vão desaparecendo.» - Paula Inês Dinis, Farmacêutica «Para além da originalidade do tema e da forma como é tratado, a Autora, também nos "ensina", as várias utilizações do óleo de rícino e que até as galinhas têm piolhos! Que as bolas de naftalina podem matar as toupeiras e o que é o "batocar" dos pipos! Revela-nos como se destilava a água e o que são e para que servem "escamas de peixe"!» - Ana Maria Botelho


  FILIPE, MANUELA SINDE   MANUELA SINDE FILIPE   CDU 615
13 Lynx  -  BONDOSO, António
Escravos no paraíso : vivências de São Tomé e Príncipe / António Bondoso . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2005. - 270 p.
"Escravos do Paraíso" é uma viagem profunda à intimidade dos afectos e da paixão pelas Ilhas de S. Tomé e do Príncipe, inventadas por Deus e abençoadas pela natureza africana. Dos que viveram e daqueles que ainda permanecem no coração das "Ilhas do Meio do Mundo", são-nos também revelados sentimentos de desilusão e de mágoa pelas dificuldades surgidas nos caminhos da afirmação da Independência e, simultaneamente, de uma eterna esperança no futuro do novo País, agora que o "ciclo do petróleo" ocupa posição cimeira no leque de prioridades das novas gerações, não retirando a preocupação do Presidente da República Fradique Bandeira Melo de Menezes. "Deus é grande, amanhã logo se vê", versão mais completa e transparente da expressão "leve-leve", em língua forra de S. Tomé, não faz esquecer o passado (um longo e complexo passado) tal como não retira ao presente a responsabilidade de se encontrar um rumo adequado e socialmente justo para todos os santomenses. "Escravos do Paraíso" percorre parte do trajecto da violência da Escravatura e dos serviçais contratados para as roças, ora no "ciclo da cana do açúcar" ora no "ciclo do cacau", permitindo enquadrar episódios reais e testemunhos na "primeira pessoa", do tempo mais recente do longo "ciclo da colonização portuguesa" nessas Ilhas Encantadas do Golfo da Guiné.


  ANTONIO BONDOSO   BONDOSO, ANTONIO   CDU 3
14 Lynx  -  GONÇALVES, Vitor
Nos bastidores do jogo político : o poder dos assessores / Vitor Gonçalves . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2005. - 197 p.
Fazem parte do núcleo mais restrito da esfera do poder. Nas sedes partidárias, nos gabinetes do Primeiro Ministro e do Presidente da República, em todos os ministérios do Governo, nas autarquias locais, encontramos assessores de imprensa. Participam no coração do sistema de informação. O grande objectivo destes profissionais é contribuir para criar uma imagem favorável dos políticos que representam, junto dos cidadãos-eleitores. Nesta pesquisa o autor procurou responder a uma pergunta inicial: qual o papel desempenhado pelos assessores de imprensa no processo de construção da imagem dos governos do Partido Socialista, liderados por António Guterres, de 1995 a 2002? "Nos bastidores do jogo político" traça o perfil dos assessores, revela qual o conteúdo e os limites da sua intervenção, que motivações os guiam, qual a ligação com o partido que apoia o Governo e como se relacionam com os media.


  GONCALVES, VITOR   VITOR GONCALVES   CDU 32
15 Lynx  -  MARTINS, Carla
Espaço público em Hannah Arendt : o político como relação e acção comunicativa / Carla Martins . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2005. - (Comunicação, 40)
Hannah Arendt é uma referência incontornável da teoria política da segunda metade do século XX. Herdeira da tradição grega, e entusiasta do élan revolucionário, a pensadora germano-americana propõe uma perspectiva singular da acção política, enquanto constitutivamente comunicativa e aberta à pluralidade, e da esfera pública, definida como espaço de aparência onde a acção humana se manifesta. No seu diagnóstico das sociedades contemporâneas, Arendt alerta contra a "socialização" da esfera pública - a sua permeabilização a mecanismos de funcionamento próprios da esfera privada - e a hegemonia da tecnociência. Questiona finalmente o afastamento do homem em relação à política e o seu refúgio no universo de intimidade e, em última análise, coloca a questão radical de saber se a política tem ainda um sentido.


  CARLA MARTINS   MARTINS, CARLA   CDU 32
16 Lynx  -  REBELO, Fernando
Uma experiência europeia em riscos naturais / Fernando Rebelo . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2005
A divulgação científica na área dos riscos aparece neste livro sob a forma de memórias de uma experiência europeia na investigação, reflexão e ensino de riscos (ditos) naturais. Inicialmente publicados no Diário As Beiras, de Coimbra, durante dezanove semanas, os textos que agora se editam foram, entretanto, organizados, revistos e aumentados. Foi, também, acrescentada uma longa bibliografia, com apresentação comentada de livros estrangeiros sobre riscos, que, em parte, já tinha sido dada a conhecer na Territorium, Revista de Geografia Física Aplicada no Ordenamento do Território e Gestão de Riscos Naturais, hoje, Revista da Riscos, Associação Portuguesa de Riscos, Prevenção e Segurança. Esta experiência europeia em riscos naturais iniciou-se em 1991. Enriquecedora em múltiplos aspectos, tinha de ser compartilhada com todos os que são sensíveis a estas matérias, mas principalmente com os estudantes que as têm nos seus programas curriculares.


  FERNANDO REBELO   REBELO, FERNANDO   CDU 91
17 Lynx  -  RAINHA, Isabel
Entre Mondego e Cubango / Isabel Rainha . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2005
A história de uma família da burguesia rural do distrito de Coimbra que nos anos vinte e, mais tarde, na década de cinquenta, procura em Angola a realização dos seus sonhos e a solução para os seus problemas. Passada entre o ano de 1900 e o de 2000, esta obra de ficção reflecte alguns dos problemas do país ao longo do século XX. No decurso da história, vão-se sucedendo os conflitos sociais, os amores, os preconceitos, as doenças e a maneira de as tratar, que revelam o modo de encarar a vida em cada época e em dois espaços diferentes, numa pacata vila nos arredores de Coimbra e na maior colónia da República. As personagens principais são Leonor e o filho, Henrique, ambos vítimas do preconceito de uma sociedade hipócrita. A história da família é contada por uma das filhas de Henrique que se interessa pela história da avó materna quando descobre algumas cartas e diários no sótão da casa de família. Não tendo conhecido a avó, da qual pouco sabe porque todos fazem questão de a deixar envolta num conveniente mistério, é através daquele pequeno espólio que vai reconstituindo a história da família que habitou a Quinta dos Loureiros. Juntando à história construída as suas memórias de uma África mítica, sem minas, sem fome, a África de todos os sonhos, a filha de Henrique e Sara vai-nos retratando o Portugal do século XX. Não pretendendo fazer juízos de valor, as relações entre as personagens e o seu modo de ver o mundo pretendem ajustar-se ao estilo de pensamento local e contemporâneo de cada acção.


  ISABEL RAINHA   RAINHA, ISABEL   CDU 82-3
18 Lynx  -  CHAVES, Maximino
Andanças, tribulações e reflexões em tempos de guerra / Maximino Chaves . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2005
"Não é um livro de história da guerra colonial, ainda que os acontecimentos e factos narrados sejam verdadeiros. Nele, as operações militares servem, mais do que outra coisa, para relatar situações , dramáticas umas, pitorescas outras, com ela relacionadas, mas dando rosto aos seus protagonistas. Ao longo das suas páginas, são descritos episódios, emoções e sentimentos que, seguramente, ajudarão a uma melhor compreensão dos acontecimentos militares ocorridos, da sociedade civil envolvida e da vida das tropas, naquela época."


  CHAVES, MAXIMINO   MAXIMINO CHAVES   CDU 82-3
19 Lynx  -  DAYAN, Daniel ; KATZ, Elihu
Televisão e públicos no funeral de Diana / Daniel Dayan, Elihu Katz . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2003. - 46 p.. - (Cadernos Minerva Comunicação)
Este caderno compõe-se de três capítulos. O primeiro é uma entrevista com Elihu Katz em que se percorrem diversas questões ligadas à comunicação, aos media e ao jornalismo. No segundo, igualmente sob a forma dialógica, Daniel Dayan esclarece diversos aspectos conceptuais, ligados às telecerimónias. O último capítulo integra a notável análise do funeral de Diana de Gales subscrita por Dayan. As entrevistas são inéditas, tendo sido gravada a de Katz e respondida por escrito, a de Dayan.


  DANIEL DAYAN   DAYAN, DANIEL   ELIHU KATZ   KATZ, ELIHU   CDU 07
20 Lynx  -  SANTOS, Rogério
Jornalistas e fontes de informação / Rogério Santos . - Coimbra : MinervaCoimbra, 2003. - 48 p.. - (Cadernos Minerva Comunicação)
O presente texto pretende apresentar e reflectir a principal biografia escrita sobre a relação existente entre jornalistas e fontes de informação, na preparação e elaboração das notícias. O objectivo fundamental é traçar a importância das investigações nesta área para a compreensão da realidade mediática da nossa sociedade, dentro do âmbito da sociologia do jornalismo. O trabalho da sala de redacção, a formação de uma cultura profissional, as estratégias de promoção das fontes e as trocas de significados entre fontes e jornalistas fazem parte dos quadros de pesquisa efectuados na segunda metade do séc. XX, mas com maior incidência no último quarto de século.


  ROGERIO SANTOS   SANTOS, ROGERIO   CDU 07

Resultado  
  10 seguintes
Formato  Criar ficheiro de texto
 Ver registos seleccionados
 Versão para imprimir
 Abreviar as referências
 Enviar por email
   Fazer nova pesquisa

Powered by SIRIUS

Escaparate é um serviço da BookMARC para a comunidade do livro