Início
Títulos por editor: Guerra e Paz
Foram encontrados 15 registos

              Fazer nova pesquisa
1 Lynx  -  QUEIROZ, António Eça de
Eça de Queiroz e os seus clones / António Eça de Queiroz . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006 . - 82-3
O bisneto de Eça de Queiroz, António Eça de Queiroz, jornalista do "Expresso", escreveu um livro polémico, com uma intenção muito simples: preservar a imagem autêntica do seu bisavô, contestando algumas das visões e leituras propostas por pretensos especialistas. É um livro muito directo, que chama "clones" aos "Eças" que alguns inventam e diz porquê. O autor sustenta que, a pretexto do interesse por Eça, há personalidades que se servem do grande escritor como mero veículo de promoção pessoal, e ataca o que diz serem "alguns auto-nomeados especialistas" como seja o caso de José Hermano Saraiva, Agustina Bessa-Luís, João Gaspar Simões e Maria Filomena Mónica.


  ANTONIO ECA DE QUEIROZ   QUEIROZ, ANTONIO ECA DE
2 Lynx  -  ONOFRE, Andreia
Não se diz tudo aos homens / Andreia Onofre . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006 . - 82-3
Uma pedra preciosa. Uma rapariga obcecada pela originalidade de se inventar a si própria todos os dias. Uma paixão por um joalheiro que a leva a declará-lo, sem que este saiba ou tenha voto, marido à primeira vista. É com esse fim que Carolina engendra um romanesco plano para cativar António, o joalheiro. Por sorte, apenas alguns metros de rua a separam da ourivesaria onde ele trabalha. Ela conhece os segredos e os fetiches de todos os seus clientes. Revela-lhes a vida de cada vez que lhes revela um rolo, até que um dia, o acaso a faz descobrir entre as fotografias de uma desconhecida, um pormenor que mudará para sempre a existência de outra cliente. E essa cliente é Kal, designer gráfica, às turras com uma superior hierárquica que tudo faz para a desacreditar no emprego. Como falta a Kal a habilidade para se envolver num só conflito, apaixona-se pelo "homem mais bonito do mundo": o homem errado.


  ANDREIA ONOFRE   ONOFRE, ANDREIA
3 Lynx  -  COSTA, Eva Dias
Voodoo girl / Eva Dias Costa . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006
A rapariga voodoo deste livro acha-se marcada, amaldiçoada por um coração crivado de alfinetes, que a perfuram quando alguém dela se aproxima. É ela quem aqui conta a própria história, através claro, da misteriosa visão dos lindos hypno-disk eyes.O livro é, então, uma catarse, uma espécie de auto-biografia alternativa, da 5ª Dimensão.Fala de corações crivados, partidos por fantasmas do passado, de alfinetes masoquistas mágicos, de como a falta de amor também é mau trato, de como a baixa auto-estima atrai e aceita passivamente a violência.Fala do desamor de uma mãe e do amor, que, noutra, é talvez excessivo, quem sabe equilibrar cosmicamente a balança; da ausência de pai e de como às vezes um pai está melhor ausente.Do suicídio e de como este passa (devia passar) a ser impossível quando temos filhos. Fala das relações modernas, dos divórcios e segundos casamentos; dos filhos que são nossos, porque lhe demos vida, daqueles que amamos, queremos que sejam, mas não são, nossos.Fala sobretudo do amor, de como ele acontece raramente, nunca mais do que uma vez na vida, e de como ele nos eleva nas nuvens e, às vezes, nos deixa cair sem pára-quedas.É um livro negro, mas feliz, e não se estraga o final se se contar desde já que a rapariga voodoo também usa os alfinetes para espetar, conserva o sentido do humor e do absurdo e ? Hélas!! -, no final, sobrevive!Enjoy.


  COSTA, EVA DIAS   EVA DIAS COSTA   CDU 82-3
4 Lynx  -  HONRADO, Alexandre
Carlota Joaquina : a rainha que amou de mais / Alexandre Honrado . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006
É a biografia de uma das mais controversas rainhas de Portugal, Carlota Joaquina, que a invasão francesa obrigou a fugir para o Brasil, terra a que ele chamou "o quinto dos infernos", tanto era o calor e o mau cheiro. A biografia de Carlota Joaquina é assinada por Alexandre Honrado, um escritor com vasta obra publicada (do romance ao ensaio), e pelo seu comportamento muitas vezes escandaloso, pela sua intervenção política, a biografia tem uma vertente inesperada, revelando, sem nunca perder o sentido histórico, o caso absurdo de um biógrafo que se vai apaixonando pela sua biografada. Um amor impossível. Uma paixãoentre o autor e a rainha que amou de mais... Carlota Joaquina era espanhola. Mas acabou por ser a «portuguesa» que mais antecipou a moralidade sem preconceitos, a mesma moral que hoje é nosso apanágio, e a gestão livre das mentalidades, abanando uma e outras até aos alicerces com um comportamento livre e fascinante. Mãe de D. Miguel e de D. Pedro, viveu um dos períodos mais ricos e conturbados da nossa história, desde a invasão napoleónica, a fuga da família real para o Brasil, até à luta fratricida entre dois irmãos que incarnavam também duas concepções opostas da monarquia portuguesa.


  ALEXANDRE HONRADO   HONRADO, ALEXANDRE   CDU 93
5 Lynx  -  IGGULDEN, Conn ; IGGULDEN, Hal
Livro perigoso para rapazes / Conn Iggulden, Hal Iggulden . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006
É preciso reaprendermos a brincar. Temos uma proposta: este livro. É um livro que ensina os rapazes a serem rapazes, a redescobrirem o prazer físico da brincadeira, o desafio do confronto com o mar, a floresta, as mais altas colinas, os grandes espaços a perder de vista.Que livro é este? Até no título é um livro diferente: "Livro Perigoso para Rapazes". O que é difícil é escolher um ângulo de abordagem para apresentar este livro. Todos os ângulos são bons, todas as abordagens são fascinantes. Vamos aos exemplos. Começa por propor desafios: construir uma casa numa árvore; fazer um arco e flechas; construir uma bomba de água em papel; caçar e curtir a pele de um coelho; construir um periscópio.Ensina-nos jogos ou a gozar melhor e com mais conhecimento os grandes desportos: as regras do futebol; as regras do râguebi; como jogar póquer; a jogar xadrez.Estimula-nos a conhecer melhor o mundo que nos rodeia: as árvores mais comuns em Portugal; as sete maravilhas do mundo antigo; os mapas do céu; o sistema solar.Faz-nos viajar de forma arrebatada pela História: contando-nos as grandes batalhas; relatando histórias extraordinárias de heróis; dizendo-nos quem foram os reis e rainhas de Portugal; ilustrando-nos sobre o Império Inglês e o Império Português.Mostra como é que a literatura pode ser maravilhosa: que poemas é que um rapaz deve mesmo saber de cor; as grandes frases de Shakespeare; os livros que um rapaz que se preze tem mesmo de ler.


  CONN IGGULDEN   HAL IGGULDEN   IGGULDEN, CONN   IGGULDEN, HAL   CDU 82-3
6 Lynx  -  PESSOA, Fernando
Tabacaria de Álvaro de Campos / Fernando Pessoa . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006
Construímos, com o poema "Tabacaria", um livro muito particular: para ler e voltar a ler, para ver e voltar a ver. "Tabacaria" inaugura uma nova colecção - EDIÇÃO ESPECIAL - na qual procuraremos sempre estabelecer uma forte relação entre a palavra e a imagem. Neste livro, esse cruzamento é potenciado pelo facto de um só poema de Pessoa, a "Tabacaria de Álvaro de Campos", surgir publicado em cinco línguas: português, francês, espanhol, italiano e inglês. A cada uma das versões acrescentámos rápidos apontamentos biográficos que nos ajudam a compreender Pessoa e, às vezes, os seus heterónimos. Talvez haja um tom que aproxima cada uma dessas incursões pela biografia do autor, mas a verdade é que, de língua para língua, as fontes são diferentes, mesmo quando os factos se possam repetir. Essa estratégia é já um indício para a que, depois, seguimos com a imagem. As fotografias são todas de Luis Miguel Castro que, através de um "modelo pessoano" (o actor Victor Rua) criou uma linha narrativa que remete tanto para o poema e para as reflexões que dele emanam, como para o imaginário pessoano, desde o que hoje acreditamos que tenha sido o seu quotidiano, até aos locais de Lisboa a que, usualmente, associamos o poeta.


  FERNANDO PESSOA   PESSOA, FERNANDO   CDU 82-1
7 Lynx  -  MESTRE, Arlinda
No caminho do amor / Arlinda Mestre . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006
Arlinda Mestre é uma figura conhecida do grande público português graças à sua participação num reality-show. Em França, alcançou a fama, por outras razões, expostas numa reportagem exibida na televisão portuguesa.Além de fotógrafa, tendo já publicado vários livros em França, Arlinda Mestre é também cantora, vivendo entre Lisboa, Paris e Porto Seguro.Agora, Arlinda Mestre expõe-se mais do que nunca, publicando a sua autobiografia, numa viagem às suas memórias mais escondidas e proibidas. Amores, crimes, droga, riqueza e pobreza passaram pela vida de Arlinda Mestre e regressam neste livro, contados com frontalidade e sem tabus.


  ARLINDA MESTRE   MESTRE, ARLINDA   CDU 82-3
8 Lynx  -  SACRAMENTO, Vera
Tribo mágica : a lenda de Zhithan / Vera Sacramento . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006
Um livro para os jovens portugueses - deles e para eles. A história de 5 amigos, uma casa abandonada e um livro mágico que se escreve e apaga sozinho.


  SACRAMENTO, VERA   VERA SACRAMENTO   CDU 82-3
9 Lynx  -  SCRUTON, Roger
O Ocidente e o resto / Roger Scruton . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006
O Ocidente e o Resto é um livro de choque. Pela perspectiva e enquadramento que nos dá do horror do 11 de Setembro de 2001. Mas sobretudo pela forma luminosa como expõe as profundas e violentas diferenças religiosas e filosóficas que opõem as sociedades Ocidentais e Islâmicas. Roger Scruton diz-nos, por exemplo, que, se tudo o que o Ocidente tem para nos oferecer é a liberdade, então é uma civilização a caminho da sua própria destruição. Tal como nos diz que o Islão é uma civilização que se define a si própria não em termos de liberdade, mas de submissão. A estas diferenças, a Globalização conferiu um potencial explosivo e mortífero. O mundo nunca esteve, afinal, tão perigoso.


  ROGER SCRUTON   SCRUTON, ROGER   CDU 301
10 Lynx  -  SÁ, Pinto de
Conquistadores de almas / Pinto de Sá . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006
"Conquistadores de Almas" é um livro dramático e intenso. É um retrato implacável do maoísmo que dominava as universidades nos anos finais da Ditadura. Um retrato do fanatismo político e das fragilidades afectivas que lhe eram inerentes. O autor traça um percurso que nos leva ao interior das organizações de extrema-esquerda, à prisão de Caxias e aos interrogatórios da PIDE, convocando muitas figuras que hoje conhecemos da vida política, do jornalismo e do mundo empresarial português. Um périplo infernal que se prolonga nas prisões do COPCON, onde se dispensava a culpa formada ou a acusação concreta.A História recente que até hoje todos calaram ou sublimaram em visões idealizadas de juvenil heroísmo.


  PINTO DE SA   SA, PINTO DE   CDU 82-3
11 Lynx  -  BELIVEAU, Richard
Alimentos contra o cancro / Richard Beliveau . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006
Couve, alho, chá verde, vinho tinto, tomate… Não, não é um livro de receitas! Escrito por dois prestigiados médicos canadianos, este é um extraordinário documento que vai indicar aos leitores portugueses quais os alimentos que contêm propriedades benéficas contra o cancro. A luta contra o cancro é muito dura. Preveni-lo pode ser simples, eficaz e até mesmo um grande prazer.


  BELIVEAU, RICHARD   RICHARD BELIVEAU   CDU 646
12 Lynx  -  BESSA-LUIS, Agustina
Fama e segredo na história de Portugal / Agustina Bessa-Luis . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006
Luís Miguel Castro desenhou, pintou, fez colagens e fotografou. O resultado é uma deambulação gráfica às vezes divertida, às vezes crítica, outras vezes pérfida. O grande "romance histórico", o da nossa própria História. Doze aventuras que começam em "Viriato" e acabam no "Delírio e Melancolia" dos nossos dias. «O português não é conflituoso, é desordeiro. O conflito está na mente; a desordem está no coração», confessa Agustina. Os conflitos, as desordens, a mente e o coração de Portugal são reescritos página a página, batalha a batalha, conspiração a conspiração. De Afonso Henriques a D. João II, de Leonor Telles a Salazar, de D. Sebastião a Sidónio Pais.


  AGUSTINA BESSA-LUIS   BESSA-LUIS, AGUSTINA   CDU 82-94
13 Lynx  -  QUEIRÓS, Eça de
Singularidades de uma rapariga loura / Eça de Queirós . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006
Prefácio de Maria Filomena Mónica. Inclui, além do texto que dá título ao livro, "Cartas de Fradique Mendes" (por causa de outra loura). «O estilo cru do texto chocou os contemporâneos. Tudo - a prosa enxuta, a atenção ao pormenor, os diálogos incisivos - indicava estar-se diante de qualquer coisa de novo.» (do Prefácio).


  ECA DE QUEIROS   QUEIROS, ECA DE   CDU 82-3
14 Lynx  -  ANDRESEN, Sophia de Mello Breyner ; SENA, Jorge de
Correspondência de Sophia de Mello Breyner e Jorge de Sena (1959-1978) / Sophia de Mello Breyner Andresen, Jorge de Sena . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006
Sophia de Mello Breyner e Jorge de Sena são duas das maiores figuras da literatura portuguesa do século XX. Desde o final dos anos 50, após o exílio de Sena, os dois escritores mantiveram uma correspondência regular, única na nossa história literária e cívica. O retrato que essas cartas fazem dos anos 60 e 70 vai deixar os leitores tão perturbados como comovidos. A profunda amizade das duas famílias, as lutas políticas, a mesquinhez de alguma intriga "palaciana" constituem um verdadeiro "romance de época" e uma grande lição ética e estética.


  ANDRESEN, SOPHIA DE MELLO BREYNER   JORGE DE SENA   SENA, JORGE DE   SOPHIA DE MELLO BREYNER ANDRESEN   CDU 82-6
15 Lynx  -  BRANCO, Camilo Castelo
Impressão indelével / Camilo Castelo Branco . - Lisboa : Guerra e Paz, 2006
Inclui três histórias - "Impressão Indelével", "O Esqueleto" e "A Caveira". «Ocorre-me apenas perguntar se estes contos, e este romance em forma de conto, não terão sido o amor de perdição do escritor que pensava que sabia porque mistério as lembranças mais vizinhas do berço andam juntas aos temores do túmulo.» (do Prefácio).


  BRANCO, CAMILO CASTELO   CAMILO CASTELO BRANCO   CDU 82-3

Resultado  
 
Formato  Criar ficheiro de texto
 Ver registos seleccionados
 Versão para imprimir
 Abreviar as referências
 Enviar por email
   Fazer nova pesquisa

Powered by SIRIUS

Escaparate é um serviço da BookMARC para a comunidade do livro