Início
Títulos por editor: Caminho
Foram encontrados 222 registos

              Fazer nova pesquisa
1 Lynx  -  GUEDES, Teresa
Tu escolhes / Teresa Guedes . - Lisboa : Caminho, 2007. - 84 p.. - (Livros Do Dia E Da Noite, 36)


  GUEDES, TERESA   TERESA GUEDES   CDU 82-1
2 Lynx  -  COUTINHO, Liliana
Ana Vieira : o que ocorre nos interstícios da figura? / Liliana Coutinho . - Lisboa : Caminho, 2007. - 72 p.. - (Caminhos Da Arte Portuguesa No Século Xx, 40)
Ana Vieira diz que não percebia o que era a pintura: que esta não lhe podia servir nem de veículo nem de meio de expressão porque não sabia lidar com ela. Este desconforto de alguém que terminou o curso de Pintura da Escola de Belas-Artes de Lisboa no ano de 1964 pode fazer-nos pensar, como já aconteceu na recepção crítica do seu trabalho, que se trata de um percurso que se iniciou a partir de uma reacção àquela disciplina, originária talvez num determinado tipo de formação académica recebida. No entanto, mais correcto será referirmo-nos a uma revolta em relação aos modos e usos da pintura, como bem mencionou Maria Filomena Molder no catálogo da antologia dedicado a esta artista, a qual teve lugar na Casa de Serralves em 1999. É então necessário que nos lembremos que a palavra revolta, para além de um movimento de insubmissão, contém também um movimento de retorno, de memória, e por isso também de possibilidade, de conhecimento. Na situação que nos interessa, do conhecimento, não do modo concreto de como a pintura tinha existido até ali, mas das potencialidades que a própria pintura, como prática representativa, desenvolveu ao longo da sua história e que estavam ainda por ser activadas.


  COUTINHO, LILIANA   LILIANA COUTINHO   CDU 75
3 Lynx  -  RUI, Manuel
A casa do rio / Manuel Rui . - Lisboa : Caminho, 2007. - 340 p.. - (Outras Margens, 67)
Começaram a almoçar e Antero recontou à mais-velha a sua saída, obrigado e mandado pelo administrador do Posto do Chipindo e ainda ela quis saber da vida no Puto, que ainda tinham lá um parente nas obras que mandara uma carta em mãos, a falar que viria de férias. Antero quase não ouvia nada e, nas piadas, exagerava no riso para, de cabeça baixa, sentir as lágrimas a misturarem-se nos lábios com a comida que nem saboreava. Era melhor não avançar nada sobre a casa, tanto mais que não seria ali o lugar, bem altaneiro, e a casa era numa baixa, sopé das serras. Mas, para não esquecer, adiantava entregar o recado ao irmão e só depois de almoçados, aí sim, a factura para a motorizada. «Paquito. Guarda esse bilhete no bolso. É dos teus sobrinhos.» «Já foi há muito tempo, mas soube que o mano Gandi morreu. Mas também sei que a madrinha, a mãe, está viva, mas o mano não trouxe fotografias dos meus sobrinhos?» «Não trouxe, desculpa foi tudo à pressa e ainda graças ao primo Juca. Nem hoje. Há tempo para te contar como vim parar aqui. Quer dizer, tinha que vir. Mas vou-te mandar as fotos que não vamos perder mais o contacto.»


  MANUEL RUI   RUI, MANUEL   CDU 82-3
4 Lynx  -  VIEIRA, Vergílio Alberto ; DIAS, Rita Oliveira
Para não quebrar o encanto : os direitos da criança / Vergílio Alberto Vieira, Rita Oliveira Dias . - Lisboa : Caminho, 2007. - 32 p.. - (Livros Dos Quatro Ventos, 21)
Vergílio Alberto Vieira dedica este livro aos direitos da criança, numa série de poemas em que alia a sensibilidade fina e justa à mestria da forma breve. As graciosas ilustrações a cores emprestam um sabor particular a este álbum. O livro inclui o texto integral da Declaração dos Direitos da Criança.


  DIAS, RITA OLIVEIRA   RITA OLIVEIRA DIAS   VERGILIO ALBERTO VIEIRA   VIEIRA, VERGILIO ALBERTO   CDU 82-3
5 Lynx  -  LOPES, Ana Cristina Macário ; RIO-TORTO, Graça
Semântica / Ana Cristina Macário Lopes, Graça Rio-Torto . - Lisboa : Caminho, 2007. - 104 p.. - (O Essencial Sobre Língua Portuguesa, 6)
A significação está no centro de toda a actividade linguística. Quando comunicamos através da linguagem verbal, trocamos significados de natureza diversa, recorrendo ao léxico e à gramática de uma determinada língua natural: damos informação sobre o mundo, expressamos atitudes pessoais e relações de maior ou menor distância social. Neste volume, são várias as perguntas que orientam a reflexão: que relação existe entre o significado das palavras, os objectos do mundo e as suas representações mentais? As combinatórias entre palavras são totalmente livres? De que falamos quando falamos de polissemia e vagueza? Que tipos de situações podemos descrever através das frases? Como expressamos informação de natureza temporal? Há mecanismos coesivos no interior de um texto? A coerência reside no texto ou na interpretação que dele fazemos? O Essencial Sobre SEMÂNTICA propõe-se discutir estas e outras questões centrais que o estudo sobre o significado das palavras, das frases e dos textos tem levantado.


  ANA CRISTINA MACARIO LOPES   GRACA RIO-TORTO   LOPES, ANA CRISTINA MACARIO   RIO-TORTO, GRACA   CDU 80
6 Lynx  -  NEVES, Pedro Teixeira ; CAIANO, Rachel
Histórias tais, animais e outras mais / Pedro Teixeira Neves, Rachel Caiano . - Lisboa : Caminho, 2007. - 32 p.. - (Rimas De Inventar, 1)


  CAIANO, RACHEL   NEVES, PEDRO TEIXEIRA   PEDRO TEIXEIRA NEVES   RACHEL CAIANO   CDU 82-1
7 Lynx  -  NEVES, Pedro Teixeira ; CAIANO, Rachel
Histórias de patente com tenente e outra gente / Pedro Teixeira Neves, Rachel Caiano . - Lisboa : Caminho, 2007. - 32 p.. - (Rimas De Inventar, 2)


  CAIANO, RACHEL   NEVES, PEDRO TEIXEIRA   PEDRO TEIXEIRA NEVES   RACHEL CAIANO   CDU 82-1
8 Lynx  -  SERRA, Filomena
A experimentação abstracta de Fernando Lanhas : uma vontade de mundo / Filomena Serra . - Lisboa : Caminho, 2007. - 72 p.. - (Caminhos Da Arte Portuguesa No Século Xx, 37)
A experimentação abstracta de Fernando Lanhas é um dos paradigmas de subversão dos códigos plásticos da arte portuguesa nos anos 40. A compreensão desta circunstância tem gerado variadas atenções e reconhecimentos. Em 2001, o Museu de Arte Contemporânea de Serralves e o Lugar do Desenho / Fundação Júlio Resende organizaram-lhe uma exposição antológica. Pudemos então avaliar a obra do artista e do homem de ciência, conhecido por ter sido o pioneiro do abstraccionismo-geométrico em Portugal.


  FILOMENA SERRA   SERRA, FILOMENA   CDU 75
9 Lynx  -  VIEIRA, Alice
Dois corpos tombando na água / Alice Vieira . - Lisboa : Caminho, 2007. - 100 p.. - (O Campo Da Palavra, 156)


  ALICE VIEIRA   VIEIRA, ALICE   CDU 82-1
10 Lynx  -  BRITO, António de Paula
Psicologia do desporto para atletas / António de Paula Brito . - Lisboa : Caminho, 2007. - 120 p.. - (Desporto E Tempos Livres, 41)
Este livro procura estabelecer uma panorâmica da Psicologia do Desporto de uma forma clara e acessível. Começando pelas definições e conceitos, percorre as suas múltiplas aplicações expostas por assuntos ou temas que podem ser lidos isoladamente, embora a sua sequência obedeça a uma lógica na relação da psicologia com o desporto. A aprendizagem, o treino, a preparação para a competição, o controlo emocional, a competição e o seu resultado, a vitória, a derrota, a manutenção ou melhoria da «forma» e da condição física, a superação, assim como a relação entre colegas e com os opositores, com os treinadores e com os dirigentes, com o público e com a comunicação social são alguns dos temas principais. De igual modo, os maus resultados, as lesões, os conflitos, o abandono e a prática desportiva durante toda a vida são objecto de reflexão. No seu conjunto, a Psicologia do Desporto procura o equilíbrio e o bem-estar do atleta, a sua superação e o contributo positivo das vivências desportivas para todos os outros aspectos da vida. É um trabalho que pretende ser útil, despertar interesse pelo tema e fornecer conhecimentos de base e aconselhamento de modo a permitir aos atletas o recurso às técnicas da Psicologia do Desporto.


  ANTONIO DE PAULA BRITO   BRITO, ANTONIO DE PAULA   CDU 159.9
11 Lynx  -  COTOVIO, Vítor Viegas
Procura de si e liderança : conheço-(me) e lidero-(me) / Vítor Viegas Cotovio . - Lisboa : Caminho, 2007. - 208 p.. - (Fora De Colecção-diversos, 109)
O caminho do autoconhecimento implica e implica-nos numa reflexão permanente acerca de nós e da relação que estabelecemos com os outros. É a relação connosco e com o outro que nos faz descobrir e entender, se tivermos a coragem de perguntar e de nos perguntar. Este é o processo que nos ensina a liderarmo-nos a nós próprios - única via para podermos ter a pretensão de liderar os outros. Não lideramos se não nos conhecermos, não lideramos se não conhecermos os outros; só conhecendo-nos, conhecemos os outros, só liderando-nos, podemos liderar os outros.


  COTOVIO, VITOR VIEGAS   VITOR VIEGAS COTOVIO   CDU 159.9
12 Lynx  -  PIRES, Isabel Cristina
Deserto pintado / Isabel Cristina Pires . - Lisboa : Caminho, 2007. - 100 p.. - (O Campo Da Palavra, 154)


  ISABEL CRISTINA PIRES   PIRES, ISABEL CRISTINA   CDU 82-1
13 Lynx  -  MELO, João
Auto-retrato / João Melo . - Lisboa : Caminho, 2007. - 88 p.. - (Outras Margens, 65)


  JOAO MELO   MELO, JOAO   CDU 82-1
14 Lynx  -  BARROSO, Eduardo Paz
António Palolo : nómada por dentro / Eduardo Paz Barroso . - Lisboa : Caminho, 2007. - 72 p.. - (Caminhos Da Arte Portuguesa No Século Xx, 38)
António Palolo (João António da Silva Palolo) nasceu em Évora em 1946 e morreu em Lisboa em Janeiro de 2000. Em 1964 realiza a primeira exposição individual na Galeria 111, em Lisboa, com a qual mantém uma relação de trabalho privilegiada até ao início da década de 80. O Jornal de Letras e Artes, na sua edição de 8 de Abril, desse mesmo ano de 1964, elogiava a pintura «experimental» deste artista, para quem a «concepção plástica acompanha de perto uma noção amplíssima do significado da própria cor, considerada como um elemento independente da própria forma», o texto crítico era de Alfredo Margarido.


  BARROSO, EDUARDO PAZ   EDUARDO PAZ BARROSO   CDU 75
15 Lynx  -  PUPO, Inês
101 poetas : iniciação à poesia em língua portuguesa / Inês Pupo . - Lisboa : Caminho, 2007. - 248 p.. - (Fora De Colecção-literatura, 27)
Qualquer leitor poderá por si só encontrar aqui os poetas que se tornarão seus companheiros para o resto da vida. Leituras feitas na sala de aula, sob orientação do professor, e em parceria com colegas da mesma idade, hão-de proporcionar experiências inesquecíveis e de efeito decisivo no amor pela língua e pela literatura.


  INES PUPO   PUPO, INES   CDU 82-1
16 Lynx  -  SILVA, Francisco
Reviravolta : do telefone à banda larga / Francisco Silva . - Lisboa : Caminho, 2007. - 224 p.. - (Caminho Da Ciência, 14)
Ao cabo de quase século e meio de telecomunicações estruturadas segundo o paradigma telefónico, encontramo-nos no início de uma mudança que, tudo indica, ocorrerá num ápice. O paradigma telefónico, no entanto, foi o que existiu até agora. Os outros serviços foram aplicações realizadas sobre a base telefónica - em particular a Internet, em boa medida construída, até ao momento, sobre aquela infra-estrutura. Agora é a vez de os princípios Internet se tornarem estruturadores. A reviravolta.


  FRANCISCO SILVA   SILVA, FRANCISCO   CDU 681.3
17 Lynx  -  CORREIA, Fernando Correia ; BAPTISTA, Carla
Jornalistas : do ofício à profissão : mudanças no jornalismo português (1956-1968) / Fernando Correia, Carla Baptista . - Lisboa : Caminho, 2007. - 464 p.. - (Nosso Mundo, 107)
Este livro é um retrato vivido da forma como os jornalistas portugueses foram construindo um território profissional, orientado por valores éticos e humanos e definido pela posse de competências e saberes específicos. Esse percurso foi lento e acidentado, ora na onda de transformações sociais que o estimulavam ora - as mais das vezes - interrompido e violentado por circunstâncias históricas e políticas com uma fortíssima capacidade de intromissão no campo jornalístico. Durante o Estado Novo, apesar de privado de liberdade de expressão, o jornalismo não morreu. O leitor encontrará aqui a análise de um período (1956-1968) considerado pelos autores como decisivo para a construção da profissão. Uma análise em grande parte baseada nos testemunhos de meia centena de jornalistas que recordam como se entrava para as redacções, como estas se organizavam e funcionavam, qual o ambiente de trabalho e de relacionamento mútuo ? num tempo em que as tipografias eram habitadas por operários de fato-macaco que trabalhavam com chumbo quente, a utilização da cor se generalizava, as novas tecnologias se chamavam máquina de escrever, fax, telex ou gravador, os jornalistas começavam a deixar de ter de ir de eléctrico para os serviços e nas redacções se usavam palavras que hoje soam estranhas e longínquas, como «linguados», «espeto», «passadores de prosa» e «repórteres informadores».


  BAPTISTA, CARLA   CARLA BAPTISTA   CORREIA, FERNANDO CORREIA   FERNANDO CORREIA CORREIA   CDU 07
18 Lynx  -  PAPPE, Ilan
História da Palestina moderna : uma terra, dois povos / Ilan Pappe . - Lisboa : Caminho, 2007. - 360 p.. - (Nosso Mundo, 108)
Este livro aborda a história da Palestina, uma terra habitada por dois povos, com duas identidades nacionais. Inicia-se no século xIx, no período otomano, passa pela criação do Estado de Israel em 1948 e as subsequentes guerras e conflitos, e termina na intifada de al-Aqsa, no dealbar do século xxI. É uma história em que se encontra coexistência e até cooperação, mas sobretudo opressão, ocupação e exílio. Lúcido e directo, é de leitura indispensável para todos quantos se preocupam com os destinos do Médio Oriente.


  ILAN PAPPE   PAPPE, ILAN   CDU 93
19 Lynx  -  RUI, Manuel
Quem me dera ser onda / Manuel Rui . - Lisboa : Caminho, 2007. - 68 p.. - (Outras Margens)
«Na família Diogo cada vez mais se desenhava diferença de atitude em relação a Carnaval da Vitória. Os dois miúdos tratavam o porco como membro da família. Limpavam o cocó dele, davam-lhe banho e, todos os dias, passavam nas traseiras do hotel a recolher dos contentores pitéus variados com que o bicho se jiboiava. O suíno estava culto, quase protocolar. Maneirava vénias de obséquio com o focinho e aprendera a acenar com a pata direita, além de se pôr de papo para o ar à mínima cócega que um dos miúdos lhe oferecesse na barriga. Pai Diogo aferia o porco de maneira diferente. Para ele era tudo carne, peso, contabilidade no orçamento familiar...»


  MANUEL RUI   RUI, MANUEL   CDU 82-93
20 Lynx  -  DUARTE, Rita Taborda ; HENRIQUES, Luís
Os piolhos do miúdo e os miúdos do piolho / Rita Taborda Duarte, Il. De Luís Henriques . - Lisboa : Caminho, 2007. - 32 p.. - (Livros Dos Quatro Ventos, 19)
Os Piolhos do Miúdo e os Miúdos do Piolho é um livro para se ler à cambalhota. De um lado, uns certos piolhos que acabaram penteados, numa história a rimar e em verso; mas se virarmos o livro pelo seu lado reverso, salta um piolho importante, com manias, comichoso, mas que lá à sua maneira será também... piolhoso.


  DUARTE, RITA TABORDA   HENRIQUES, LUIS   LUIS HENRIQUES   RITA TABORDA DUARTE   CDU 82-93

Resultado  
 20 seguintes  Fim
Formato  Criar ficheiro de texto
 Ver registos seleccionados
 Versão para imprimir
 Abreviar as referências
 Enviar por email
   Fazer nova pesquisa

Powered by SIRIUS

Escaparate é um serviço da BookMARC para a comunidade do livro